Skip to main content
Figura 1

Escalas e o uso das teclas pretas

Os estudantes – e mesmo os pianistas iniciantes – têm uma grande dificuldade em tocar melodias com muitas alterações na armadura de clave. As peças em tonalidades com mais de três ou quatro sustenidos ou bemóis parecem inóspitas e, via de regra, afastam o músico de seu estudo. No entanto, todo esse temor pode desaparecer ao empreender uma simples análise das escalas dessas tonalidades e seus dedilhados, que, ao contrário do que se imagina, são muito mais ergonômicos e fáceis de memorizar.

Tendo em vista que o pianista domine as escalas de Dó maior, Sol maior, Ré maior, Lá maior e Mi, as escalas com sustenidos remanescentes – Si maior, Fá# maior e Dó# maior – se tornam fáceis de executar por conta de um simples artifício.

Ao iniciar a escala de Si maior, note que o dedo 1 da mão direita se posiciona na nota Si e os dedos 2 e 3 repousam sobre duas teclas pretas (Dó# e Ré#).

Exemplo 1

Figura 1

(mais…)



Share article on

Leia Mais

Reverberação

A reverberação nos pianos

Quando um instrumento musical, como um piano acústico, por exemplo, é tocado, o que se ouve é o som produzido por ele modificado pelo ambiente físico em que está inserido, seja uma sala, um teatro ou uma igreja.

O ambiente está diretamente ligado à natureza física do som, a acústica. Resumida à sua essência, a acústica é a forma pela qual o som se manifesta.

Reverberação

(mais…)



Share article on

Leia Mais

Leitura à primeira vista

Os pianistas e a leitura à primeira vista

Cada vez mais os pianistas são requisitados para desempenhar várias tarefas relacionadas ao fazer música, tanto no âmbito profissional quanto nos momentos de lazer, como tocar em eventos sociais, festas e bares, participar de grupos de música, e realizar apresentações solo, além de atividades como regência, composição e pesquisa.

Leitura à primeira vista

(mais…)



Share article on

Leia Mais

post-arthur

Arthur Moreira Lima e a democratização da cultura

Nascido em 1940 no Rio de Janeiro, Arthur Moreira Lima iniciou seus estudos de piano aos seis anos. Apenas dois anos depois, dava seu primeiro recital, na Associação Brasileira de Imprensa, com obras de Beethoven, Chopin e Paderevsky. Aos nove, fez seu primeiro concerto profissional, no Teatro da Paz, em Belém do Pará.
Arthur Moreira Lima

(mais…)



Share article on

Leia Mais