Skip to main content
Olivier Messiaen tocando órgão

Olivier Messian, piano e pássaros

Olivier Messiaen tocando órgão

Ao lado de Stravinski, Schoenberg e Bartók, Olivier Messiaen é um dos maiores compositores da modernidade e sua música, ao contrário da regra, não sofreu resistência por parte do público e está se tornando cada vez mais popular.

Autor de grande produção – que vai de obras para piano e órgão à música de câmara, vocal e sinfônica – Olivier Eugène Prosper Charles Messiaen nasceu a 10 de dezembro de 1908, em Avignon, França, filho mais velho de Cécile Sauvage, uma poetisa, e Messiaen Pierre, um professor de Inglês, que traduziu as peças de William Shakespeare em francês.

Leia Mais

Glenn Gould

Glenn Gould: gênio e excêntrico

Glenn Gould, um dos pianistas mais destacados e controversos do século 20, foi um menino prodígio. Nasceu em 25 de setembro de 1932 em Toronto, no Canadá, dentro de um lar protestante. O nome de origem era Gold, mas, temendo que ele fosse confundido com um judeu, a família o mudou logo após seu nascimento, para protegê-lo da onda de antissemitismo que havia dominado o Canadá na década de 1930.

Depois de aprender piano com sua mãe, Gould tocou em público pela primeira vez aos cinco anos de idade, juntando-se à família no palco para tocar em um culto, em frente a uma congregação de cerca de duas mil pessoas.

Glenn Gould
Leia Mais
arthur rubinstein

Arthur Rubinstein, a elegância ao piano

Pianista clássico dos mais emblemáticos do século 20, Arthur Rubinstein foi um personagem muito diferente do padrão dos virtuoses de sua época. Elegante, poliglota e divertido, viveu para a música, não atuando somente como concertista e recitalista, mas também se dedicando às obras de câmara. Durante sua carreira, colaborou com músicos do porte de Jascha Heifetz, Gregor Piatigorsky, Henryk Szeryng, Emanuel Feuermann, Pierre Fournier e o Quartet de Guarneri, entre outros.

arthur rubinstein
Leia Mais
Amilton Godoy Zimbo Trio

Amilton Godoy e o Zimbo Trio

Amilton Godoy Zimbo Trio

O Zimbo Trio foi formado em março de 1964, em São Paulo, pelo contrabaixista Luís Chaves e pelo baterista Rubens Alberto Barsotti, o Rubinho, que convidaram o pianista Amilton Godoy para criar um conjunto. Rapidamente o grupo se tornou referência e inspirou o caminho de muitos outros trios.

“Começamos a fazer jazz com música brasileira e resgatamos a bossa nova. O momento foi propício, demos sorte”, lembra o pianista.

Leia Mais