Skip to main content

Qual a idade certa para começar a estudar piano?

estudar piano

Muitas pessoas têm dúvidas sobre qual a época certa para iniciar seus estudos de piano e se dedicar à música. A maioria acredita que só se pode ter sucesso como pianista se o estudo começar muito cedo, na primeira infância.

Sem dúvida, essa fase é um campo fértil para o aprendizado de qualquer assunto. Mas aprender um instrumento musical não significa, necessariamente, se tornar um virtuose: trata-se de uma questão de amor pela arte e, sobretudo, realização e satisfação pessoal.

O mundo profissional da música, mais especificamente no campo erudito, é um pouco ingrato em relação à idade. Para construir uma carreira internacional, o músico precisa participar de concursos para angariar visibilidade, e essas competições possuem regras bem específicas em relação à idade dos participantes.

Leia Mais

Beringer – Exercícios Técnicos Diários

Artigo37-2

O método de técnica pianística de Oscar Beringer, chamado Exercícios Técnicos Diários, é igualmente amado e odiado por estudantes e pianistas. Resultado da experiência do autor como estudante e pianista, o livro é uma das opções – talvez a mais popular – de continuidade de estudos após o domínio dos exercícios de Hanon.

Considerado superior em termos de dificuldade e resultados em comparação ao método de Hanon, o livro de Beringer, ao contrário daquele, oferece ao estudante a oportunidade de trabalhar sobre teclas brancas e pretas.

Dividido em 10 capítulos, o compêndio traz estudos para os cinco dedos com movimento progressivo da mão, exercícios de escalas, exercícios de acordes, mudança de dedos sobre uma mesma nota, estudos em terças, sextas e acordes, estudos de oitavas e acordes, exercícios de extensão, para cruzamento e mudança de mãos e polirritmia, além de um apêndice incluindo escalas e arpejos com digitação usual.

Leia Mais

Una corda – o uso do pedal abafador

Artigo36-7

Desde sua invenção, por Bartolomeo Cristofori di Francesco, vários foram os desenvolvimentos técnicos que o piano recebeu até chegar ao padrão atual. E, mesmo assim, ainda há tentativas de incorporar inovações e recursos ao instrumento.

Um dos recursos mais antigos do piano foi inventado pelo próprio Cristofori: o pedal abafador, também chamado “una corda” ou “soft”. Em alguns de seus pianos, era possível mover o mecanismo de modo que os martelos golpeassem apenas uma das duas cordas existentes por nota, o que propiciava alteração timbrística e, obviamente, uma redução no volume sonoro. O inconveniente do mecanismo de Cristofori era o fato de ser acionado manualmente, o que exigia uma mão livre para o uso.

Leia Mais

Chopin – o príncipe dos românticos

Act_inbound_marketing_Fritz_Dobbert_Artigo_Chopin_3

O que os pianistas Krystian Zimerman, Martha Argerich, Arthur Moreira Lima, Maurizio Pollini e Vladimir Ashkenazy tinham em comum antes de consolidarem suas carreiras internacionais?

Todos eles foram premiados no Concurso Internacional Chopin, um dos mais tradicionais e importantes da história. Não à toa, o concurso leva o nome desse gênio das teclas que imprimiu novas características tanto à composição quanto à execução pianísticas.

Frédéric Chopin se tornou um dos mais adorados e conhecidos compositores de música para piano graças à popularidade e acessibilidade de sua obra, enaltecida tanto em concertos e recitais quanto no cinema e na televisão.

Leia Mais


A Fritz Dobbert se preocupa com você e sua privacidade

O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Ao navegar pelo site, coletaremos tais informações para utilizá-las com estas finalidades. Caso não aceite, não faremos este rastreio, mas ainda usaremos os cookies necessários para o correto funcionamento do site. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

Aceito