Skip to main content
música

Música e inserção na sociedade

música

Muitos são os benefícios que o estudo de música proporciona às crianças, desde um maior desenvolvimento cognitivo e espacial ao aumento da criatividade e da memória. Mas não apenas no campo intelectual a música é importante para o desenvolvimento do ser humano.

A educação musical ultrapassa esse terreno e pode influenciar de maneira decisiva a formação do indivíduo e suas relações com a sociedade, de forma a adaptá-lo a um grupo, tornando-o membro funcional que compartilha a cultura, os hábitos e as características desse agrupamento.

Ou seja, a música auxilia a criança a se tornar um indivíduo apto a viver em sociedade. Para afirmar isso, parte-se do princípio de que a música é uma parte da organização da sociedade, pois todas as culturas a utilizam para levar adiante suas ideias e crenças.

Se desde tempos imemoriais a música fez parte da inserção dos indivíduos na sociedade, por que agora seria diferente?

O valor da educação e da prática musical

música

Segundo a organista e pedagoga Dorotéa Kerr, “toda criança, desde o nascimento (até mesmo antes disso), passa por um processo de socialização musical primária configurado pelas primeiras aprendizagens musicais cotidianas.

Esse processo acontece espontaneamente no cotidiano, da mesma maneira como se dá a apropriação da língua e das outras objetivações sociais básicas: simplesmente devido à imersão da criança nas práticas musicais cotidianas de sua família (num primeiro momento) e depois, no universo musical de sua comunidade e da sociedade como um todo”.

A Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (v.3, 1998.) amplia esse raciocínio: “Ouvir música, aprender uma canção, brincar de roda, realizar brinquedos rítmicos, jogos de mãos etc., são atividades que despertam, estimulam e desenvolvem o gosto pela atividade musical, além de atenderem a necessidades de expressão que passam pela esfera afetiva, estética e cognitiva. Aprender música significa integrar experiências que envolvem a vivência, a percepção e a reflexão, encaminhando-as para níveis cada vez mais elaborados”.

A música é feita pelos seres humanos. E estes não estão isolados no universo. Tanto a letra quanto os ritmos e as melodias estão inseridos em uma cultura e em um contexto histórico. Estudá-lo ajuda a compreender os diferentes sentidos da música. Mas o caminho inverso também acontece: a música serve de instrumento para compreender uma cultura ou uma época, características de um povo, de uma cidade ou de um movimento artístico.

Portanto, ampliar o leque musical é uma forma de rever preconceitos. A experiência musical coloca o indivíduo em contato com a diversidade e a riqueza do outro.  E isso terá eco em sua compreensão do mundo e das diferenças nele existentes. Dessa forma, é mais fácil integrar esse indivíduo ao meio social.

música

A prática de atividades musicais em grupo, desde a primeira infância até a adolescência, também traz benefícios. Entre eles, a capacidade de compartilhar e de desenvolver o conhecimento mútuo pela criação de metas em conjunto e o esforço para atingir um objetivo comum.

Projetos musicais, como bandas, corais e outros, auxiliam a adquirir hábitos de relações interpessoais, na desinibição, no desenvolvimento da comunicação – verbal e não verbal – e na convivência com colegas, habilidades essenciais para a cidadania.

Realizar atividades lúdicas, como a prática da música em conjunto, também auxilia na adaptação emocional e a descobrir sistemas de valores, além de ser um meio de ocupar o tempo ocioso e dar vazão ao excesso de energia.  Já está provado que crianças e adolescentes que estudam música têm melhor comportamento em salas de aula e apresentam redução de problemas disciplinares, além de – ao contrário do que se imagina – apresentarem menor possibilidade de se envolverem com drogas e álcool.

O estudo de música, portanto, é elemento fundamental para a formação do indivíduo e sua inserção na sociedade, e a prática musical, além de todas os benefícios intelectuais, permite que ele desenvolva e amadureça sua capacidade de estabelecer relações interpessoais, desde a primeira infância e por toda sua vida.

button-11



Share article on

Related Post

Um comentário em “Música e inserção na sociedade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*