Skip to main content
piano vertical

Piano Vertical: conheça os diferenciais dele.

piano vertical

Se você está pensando em adquirir um piano vertical para estudo, trabalho ou hobby, é importante saber as características, vantagens e diferenciais que ele pode oferecer a você e à sua prática.

Neste artigo, a Fritz Dobbert busca esclarecer alguns pontos sobre os pianos verticais para que você possa tomar uma decisão muito bem embasada!

Um pouco de história

Os pianos verticais surgiram no começo do século XVII devido a uma demanda por pianos menores e que coubessem em casas e pequenos espaços.

Eram chamados de “Upright Pianos”, e essa inovação trouxe uma ampliação na venda dos instrumentos na época.

Por que “piano vertical”?

Os pianos verticais são chamados assim porque suas cordas e a tábua harmônica são dispostas na vertical, perpendicularmente ao teclado. Eles também são conhecidos como pianos “de armário” porque podem ficar rentes à parede.

Principais características do piano vertical

Cordas

Nos pianos verticais, as cordas são esticadas verticalmente. Isso acontece para deixar o instrumento mais compacto. A vantagem é que, dessa forma, ele acaba se tornando um piano ideal para pessoas que dispões de pequenos espaços.

Mecanismo de ação

Para retornarem à posição de repouso, os martelos do mecanismo de ação dos pianos verticais dependem de molas. Essa característica limita um pouco a repetição rápida das teclas.

Pedais

O pedal esquerdo, quando pressionado, faz com que todos os martelos se aproximem das cordas. Assim, o volume do som é reduzido.

O pedal do meio, ao ser pressionado, abafa o som por meio de uma fina tira de feltro posicionada entre as cordas e os martelos.

Por fim, o pedal direito, ou de sustentação, que assim como nos pianos de cauda, deixa os abafadores levantados mesmo com os dedos fora das teclas, sustentando as notas tocadas.

Tamanho

Apesar de serem, em geral, mais compactos que os pianos de cauda, é possível encontrar diversos modelos e tamanhos de pianos verticais. E o tamanho menor deles não significa que tenham menor qualidade.

Mas por serem mais compactos, têm a sua estrutura acústica menor, resultando em um volume sonoro menor do que o dos pianos de cauda, mas ainda surpreendente.

Vamos listar as vantagens dos pianos verticais.

  • Compactos e perfeitos para espaços menores;
  • Mecanismo de ação preciso;
  • Possui os 3 pedais com funções similares aos dos pianos de cauda;
  • Oferecem alta qualidade de performance para músicos estudantes e profissionais;
  • Preço mais acessível em comparação aos pianos de cauda.

Fritz Dobbert ajuda você a se decidir!

Agora, você tem mais informações para decidir se o piano vertical é o melhor para você! A Fritz Dobbert possui diversos modelos de pianos verticais de marca própria, da fabricante japonesa Kawai e da marca alemã Ritmüller.

Conheça a linha completa no nosso site.

Entre em contato conosco para que possamos ajudar você a fazer a melhor escolha. A Fritz Dobbert está à sua disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*


A Fritz Dobbert se preocupa com você e sua privacidade

O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Ao navegar pelo site, coletaremos tais informações para utilizá-las com estas finalidades. Caso não aceite, não faremos este rastreio, mas ainda usaremos os cookies necessários para o correto funcionamento do site. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.

Aceito